sábado, 27 de junho de 2020

RELEMBRANDO 2012 – TRÊS ESTRELAS CAMPEÃO DO AMÉRICA

Três Estrelas campeão do Torneio do América
 Neste momento vamos relembra a 37ª edição do Torneio Anual do América, um dos maiores torneios da nossa região, com o G E Três Estrelas conquistando o título.
Mais uma vez a reportagem do Bola em Jogo, presente nesta decisão, realizada no domingo do mês de abril de 2012, contou assim esta decisão.
Em um domingo ensolarado com a presença de um bom público, o Três Estrelas, o maior ganhador de títulos do campeonato municipal de Gravataí, venceu pela primeira o torneio do América, ao vencer o Doze Horas na final, para a felicidade de sua grande torcida, dirigentes e Atletas.
A vitória sobre o Doze Horas, por 2 a 0, para muitos o grande favorito da competição, foi justa, o Três Estrelas demonstrou sua tradicional garra, disputando todas as jogadas de forma dura, mas leal.
No inicio do jogo, o Doze Horas esteve melhor em campo, graças às arrancadas e a técnica de dois Gravataiense, Pio e Tiquinho, mas aos poucos a defesa do Três Estrelas, comandada pelo Jeferson, foi tomando conta e com isso o time passou a ter opções de ataque, foi em um destes ataques, que Michael fez o primeiro gol.
No segundo tempo, o Doze Horas procurou atacar mais, mas aí parou na grande atuação do goleiro Renato, o melhor em campo. O Três Estrelas se defendia e saia em contra-ataque e foi num destes lances que Nego Veio fez um golaço, talvez o mais bonito da competição, um chute forte de fora da área a bola bateu nas duas traves e caiu destro do gol, fazendo o segundo gol do Três Estrelas.
O Três Estrelas foi campeão jogando com: Renato, Nei, Jeferson, Rodrigo, Aires, Adriano, Diego, Djael, Nego Veio, Felipe, Harlei. Entraram ainda: Renan, Alexandre, Michael e Adilson. Técnico: Alex – Massagista: Jardel
O Doze Horas, que vai novamente vai disputar o Estadual de Amadores na vaga do Americano de Sapiranga, jogou com: Donga, Donsa, Cleber, Rodolfo, Vô, Bruno, Tiago, Pio, Cuia, Tiquinho e Renato. Entraram ainda: Wagner, W. Petry, Som, D. Petry, Diogo, Aluisio. Técnico: Dentinho – Massagista: Eric
Jogos que antecederam a final:
E. C. 12 Horas  1 x 1  Garra Veranópolis – VP do Doze Horas
Amigos do Zumba  2 x 1  Real Fluorescente
G. E. 3 Estrelas  1 x 0  E. C. Cafú
Ravena Veterano   0 x 1  Doze Horas
Amigos do Zumba  0 x 0  Três Estrelas – VP do Três Estrelas
Premiação
Após o jogo a direção do América, com a presença de algumas autoridades, entre elas do Deputado Estadual Marco Alba, do Secretário de Esportes Nelson Beretta e seu Adjunto Regis Rosa e do vereador Cau Dias,  fez entrega da premiação:
Campeão: Três Estrelas
Vice-campeão: Doze Horas
3º Colocado: Amigos do Zumba
4º Colocado: Ravena Veteranos
5º Colocado: Amigos do Cafú
6º Colocado: Real Florescente
Goleador: Aluisio – Doze Horas
Goleiro MV: Renato – Três Estrelas – em sete jogos não sofreu nenhum gol
Melhor Torcida: Três Estrelas
Técnico campeão: Alex – Três Estrelas
Disciplina: Amigos do Zumba
Destaque da competição: Renato Martins – Doze Horas

























quinta-feira, 30 de abril de 2020

RELEMBRANDO 2009 - Cruzeiro é campeão do América

Cruzeiro campeão
Dentro da série Relembrando, o Bola em Jogo apresenta o Cruzeiro campeão do 34º Torneio do América ao vencer o São Paulo, em final realizada em abril de 2009.
Assim a reportagem do Bola em Jogo descreveu a final desta tradicional competição
O Cruzeiro ao vencer o São Paulo por 4 x 2 foi o campeão do torneio.
No primeiro tempo o Cruzeiro iniciou melhor marcou dois gols através de Mauricio e Chico Branco, mas o São Paulo equilibrou o jogo perdendo alguns gols, até que Ivan marcasse para a equipe de Porto Alegre.
No segundo tempo o São Paulo continuou pressionando até o Cruzeiro marcasse o terceiro gol através do Mauricio, assumindo o controle do jogo. O mesmo Mauricio marcou o quarto gol, assegurando título para equipe do Cruzeiro do presidente Beto.
O Cruzeiro foi campeão jogando com: Sarrafo; Nei, Wagner, Evandro e Sassá; Amaral, Dentinho, Djael e Chico Branco; Mauricio e Pio. Entraram ainda, Mateus, Juninho e Anderson. Técnicos: Gilson e Claudir
O São Paulo jogou com: Jean; Juliano, Marcelo, Éderson e Valtair; Antonio, Anderson, Jeferson e Fábio; Ivan e Vitor. Entraram no decorrer do jogo, Alex Sander, João Fabiano, Mauro, Julio e Rafael.
A classificação final teve:
10º - Boca Junior
9º - Verona/Mad. 2 Irmãos/Gin. Independência
8º - AESA/Funil Coifa Sul
7º - RS Vila Farrapos
6º - GE Três Estrelas/Amigos do Paulinho/Refugo
5º - Baixada Fluminense A
4º - Bayern/Rosa Espínola Adv./Sup Sto. Antônio
3º - ABC FC
2º - São Paulo FC
1º - Cruzeiro FC A/João Veículos/Baterias Amauri
Goleador – Mauricio – Cruzeiro
Goleiro menos vazado – Botelho – ABC FC
Técnico - Gilson e Claudir – Cruzeiro
Atleta destaque – Anderson (Pio) – Cruzeiro
Troféu Disciplina – ABC FC
Melhor Torcida – Baixada Fluminense A

Atleta destaque – Anderson (Pio) – Cruzeiro

Goleador – Mauricio – Cruzeiro